Mr.Big: lança disco novo - Veja promoção para o show em POA

Publicado em: sexta-feira, 4 de agosto de 2017

O Rocksblog em parceria com a Abstratti Produtora irá sortear um ingresso para o show do "Mr.Big" que acontece no dia 22 de agosto no Bar Opinião em Porto Alegre. 

Para participar compartilhe em MODO PÚBLICO o banner do evento com a hashtag #MrBigPoa com o link a seguir. http://abstratti.com/mr-big-22-ago-2017-opiniao/

O sorteio acontece na noite do dia 19 de agosto, sábado.
Participe! Boa sorte!!




MrBig lança disco novo e faz show em Porto Alegre dia 22 de agosto



O nono e mais recente álbum do Mr. Big, Defying Gravity (lançado em 7 de julho de 2017) faz uma ponte entre o passado, o presente e o futuro da banda. Isso porque marca o reencontro do grupo com o produtor Kevin Elson (Journey, Europe, Lynyrd Skynyrd), responsável pelos quatro primeiros discos.

Gravado em apenas seis dias no Ocean Studios, na Califórnia, o disco revela que as características que tornaram o conjunto famoso, como melodias marcantes e excelentes composições, ainda são parte de sua história. Basta ouvir faixas como a pesada e cheia de groove ‘Open Your Eyes’, a harmoniosa ‘Damn I’m in Love Again’, a nostálgica ‘1992’ (relembrando os dias de glória do quarteto nas paradas de sucesso internacional com a esmagadora ‘To Be With You’) e a blueseira ‘Be Kind’ para comprovar a versatilidade do quarteto. No geral, Defying Gravity evidencia que o Mr. Big é uma banda sempre em evolução, que busca excelência criativa, ainda que fiel às suas raízes.



“É inspirador trabalhar com o Mr. Big”, revela o guitarrista e compositor Paul Gilbert, que escreveu boa parte do material novo. “Sei que qualquer ideia que eu traga para o estúdio precisa passar pelos nossos filtros, o que significa que tem de detonar, ter melodia e colocar um sorriso na cara de todos os integrantes”. Em resumo, isso quer dizer que Gilbert, o vocalista Eric Martin, o baixista Billy Sheehan e o baterista Pat Torpey precisam estar de acordo com o resultado final — o responsável pelas baquetas ao vivo, Matt Starr, que também esteve envolvido com os procedimentos de estúdio, não fica de fora das escolhas.

Essa mentalidade de ‘um por todos e todos por um’ é uma das principais inspirações que guia o Mr. Big na busca por desafios. “Isso é o que faz uma banda de verdade”, acredita Torpey. “Acho que todos nós sentimos isso. Não é só a visão de um cara que deve ser seguida pelos demais. Estamos sempre lançando ideias para chegar a um consenso. É isso que faz nossa música ser o que é”.

Sheehan complementa: “Gosto de gravar com senso de urgência. Coloque um microfone em nossa frente, aperte o ‘rec’ e isso deve soar como o que se ouve da gente ao vivo. Quando se é capaz de criar tal tipo de pressão no estúdio em um curto período de tempo, isso ajuda a termos boas composições”

Uma vez que Martin entrou em sintonia com Gilbert, o álbum foi tomando forma em um curto período. “Minha música diz mais sobre mim do que eu mesmo posso falar”, admite o vocalista. “E Defying Gravity é sobre ignorar todos na vida que dizem que você não pode fazer o que quer, que é impossível se fazer o que ama. Você tem de permanecer firme em seus propósitos quando disserem para desistir dos seus sonhos ou daquilo que seu coração deseja em favor de uma vida estável e convencional. Seja ser músico, pintor, dançarino ou o que for”.

Uma das músicas chave de Defying Gravity é ‘1992’, tema que remete às glórias passadas com alegria e bom-humor. “Foi um período incrível em nossas vidas, e logo que o grunge estava começando a acontecer”, pontua Gilbert. “Nesta faixa, escrevo sobre algo que é positivo em quase todos os aspectos, que nos abriu portas mundo afora. De repente, estávamos tocando em estádios na Indonésia, viajando para todos os cantos do planeta. Aquele tempo em que todos tínhamos cabelos compridos (risos). Felizmente, as pessoas ainda têm interesse pelo Mr. Big hoje em dia”

A tradicional qualidade técnica e o virtuosismo da banda também estão presentes no disco novo, e a faixa ‘Mean to Me’ é um exemplo. Nela, Gilbert e Sheehan trocam licks venenosos em seus instrumentos. Gilbert ressalta: “Essa faixa foi feita bem rápido. E o solo foi gravado no primeiro take, sem overdubs, ao vivo com a banda. O delay que usei ajudou para deixar tudo duas vezes mais veloz. Já Sheehan não usou efeitos. Ele apenas luta contra meu solo tecnológico com o puro fogo de suas mãos”.

Martin está orgulhoso por Defying Gravity mostrar o que de melhor o Mr. Big tem a oferecer: “Há algo sobre nossa banda. Passamos por muita coisa juntos. Existe um vínculo espiritual que nos une e nos permite executar as melhores performances para um disco que nasceu tão rapidamente”.

Gilbert está ansioso para levar as novas músicas para o público ao redor do mundo: “Sabemos que vamos executar essas faixas no palco. E não vamos mais ficar olhando um nos olhos dos outros, vamos mirar diretamente na audiência e perceber suas reações sobre o álbum que acabamos de lançar”.

Torpey finaliza: “O disco tem uma mensagem positiva, e é isso que me agrada sobre ele. Ainda podemos voar depois de todos esses anos”.

Enviado por Homero Pivotto Jr.

Recentemente a Abstratti, produtora responsável pela vinda da banda a Porto Alegre, publicou uma entrevista exclusiva. Leia no link: http://abstratti.com/na-medida-para-quem-aprecia-boa-musica-entrevista-eric-martin-mr-big/

Veja promoção no Whiplash.Net

 



0 comentários:

Postar um comentário