Renato Russo, o Musical: como foi o espetáculo em POA

Publicado em: terça-feira, 8 de agosto de 2017
O Ministério da Cultura e Rede presentearam os porto-alegrenses com a apresentação de "Renato Russo, o Musical", sucesso de crítica e público, que está em cartaz há 11 anos. O Espetáculo, que já foi assistido por mais de 250 mil pessoas, voltou à capital gaúcha no final do mês passado; no dia 29 de julho. Só que desta vez para uma apresentação ao ar livre e gratuita.


Ao chegar ao local do evento chamava atenção a infraestrutura encontrada: banheiros químicos, cadeiras, local para portadores de necessidades especiais, seguranças, polícia. Enfim, não parecia um evento gratuito. O som estava perfeito, ouvia-se o show, perfeitamente, em todo o parque Farroupilha. 

O Musical encheu o tradicional parque, também conhecido como Redenção, de rock n' roll. 
Uma viagem musical que passou pelas diversas fases do músico carioca, indo desde o início de sua carreira no Aborto Elétrico, passando pela banda que o consagrou, a Legião Urbana, e pela sua carreira solo. Composta de 22 músicas conta com hits como "Há Tempos", "Que país é esse?", "Geração Coca-Cola", "Eduardo e Mônica", "Índios","Pais e Filhos", entre outros.

Foram dramatizados os principais momentos da vida de Renato como o diagnóstico na adolescência de uma doença óssea, o movimento punk, o uso de drogas, a relação com o filho, o diagnóstico de HIV e sua morte.



O ator Bruce Gomlevsky que protagoniza o musical, representou Renato Russo de uma maneira ímpar - cantando, tocando violão, com os trejeitos idênticos ao músico. Em certos momentos dava para imaginar estar diante do músico falecido em 1996.

A produção do espetáculo foi muito cuidadosa com todos os detalhes. 

O início do espetáculo, previsto para às 18h, foi adiado alguns minutos para que a iluminação, abre aspas, belíssima do show, fosse melhor aproveitada. A iluminação também ajudou a contar a história e também dramatizar as situações encenadas, brilhantemente, por Bruce. Valeu cada minuto de atraso, pois depois desse tempo os presentes puderam apreciar mais de duas horas de um show inesquecível que reverenciou um dos maiores músicos brasileiros. 



Foi muito bonito ver o público, composto por pessoas  das mais diferentes faixas etárias, cantando e se emocionando diante da performance irretocável de Bruce. Foi muito bonito ver diferentes gerações cantando o imortal legado musical (atemporal) deixado por esse grande poeta.

Tomara que, em breve, tenhamos um registro desse espetáculo.









0 comentários:

Postar um comentário