Therion (Teatro AMRIGS, Porto Alegre, 09/05/18)

Publicado em: domingo, 13 de maio de 2018
Texto e Fotos de William Guedes Cezar


Os fãs gaúchos aguardaram muito tempo por esse show e, felizmente, a espera chegou ao fim na última quarta-feira.

A capital teve a honra de abrir a perna da tour "Beloved Antichrist" em território brasileiro.

Após 17 anos do último show na cidade, a banda sueca voltou a Porto Alegre para se apresentar no Teatro AMRIGS.

O Therion já demonstrou ter um grande carinho pelos fãs latinos. A banda já gravou um DVD na América Latina, teve diversas passagens por aqui e agora retornou com a turnê do novo álbum "Beloved Antichrist", que acabou de sair do forno; lançado em fevereiro do corrente ano.

A abertura do show contou com convidados especiais - as bandas "The Devil"  do Reino Unido e a banda gaúcha "Spleenful". 

Um diferencial nesse show e, diga-se de passagem, muito positivo, foi ele ser realizado em um teatro. Aqui no Rio Grande do Sul, tem acontecido, com certa frequência, shows de metal em teatro.

Pontualmente a Spleenful subiu ao palco para apresentar o seu dark metal de excelente qualidade. Foi uma apresentação curta, mas com uma qualidade técnica incrível e indiscutível. 



Enquanto tocava uma intro surgiu uma linda bailarina dançando como uma linda bruxa num tipo de um ritual, enquanto ao mesmo tempo subiam ao palco Tiago Alano (vocal), Bia Giovanella (vocal), Elias Mendes (guitarra), Carlos Ricardo (baixo), Everton Manso (teclado), Yuri Porto (bateria) e Marcelo Campos (guitarra).

A banda, formada em 2012, apresentou músicas do seu EP "Bittersweet" e seu single  mais recente “Winter Solstice Dream”.  Fizeram algumas homenagens a familiares e ao músico Fabiano Penna, que nos deixaram recentemente, além de um lindo encerramento com direito à dança de Viih Alves. 


Que venham mais shows, clipes e músicas dessa banda.  Para quem não conhece indico o youtube do grupo. Para amantes do Theatre of Tragedy, assim como eu, a Spleenful é perfeita e conseguiu saciar a minha sede desse gênero musical, às vezes um pouco esquecido.


Setlist
Bittersweet
Absinthe Love Affairs
Noir
Burleske Liebestraum
Winter Solstice Dream



A banda de atmospheric metal do Reino Unido surgiu como uma surpresa para abrilhantar ainda mais essa noite épica. Os mascarados foram bem recepcionados. 

O público ficou um pouco sem entender a apresentação obscura e completamente atmosférica, simples e direta da "The Devil", como uma performance de arte contemporânea. 

A banda instrumental utilizou dois telões e intervenções de vídeos durante sua performance. Vídeos de movimentos políticos, catástrofes e eventos alienígenas movimentou o imaginário do público presente.

Apesar da banda ter lançado somente um disco homônimo em 2012,  o trio  mostrou a que veio, com uma tremenda qualidade técnica . Assim como entrou, a banda também saiu. Assim simples, como uma abdução alienígena. Pareceu que fomos todos abduzidos e levados para o reino da próxima atração.


Setlist
Universe
World of Sorrow
Extinction Level Event
Alternative Dimensions
Devil & Mankind
Illuminati



A grande atração da noite, o Therion, atrasou apenas 10 minutos, para alegria do público que lotou o Teatro AMRIGS.

Começou a intro e a banda subiu ao palco com “Theme of Antichrist”.

A banda se surpreendeu, um pouco, com a educação dos gaúchos, meio contido, inicialmente, mas não demorou muito para o público ceder aos convites de Christofer Johnsson (guitarra), Thomas Vikström (vocalista), Linnéa Vikström (vocalista), Chiara Malvestiti (vocalista), Nalle "Grizzly" Påhlsson (baixo), Christian Vidal (guitarra) e Sami Karppinen (bateria) se levantaram e transformaram o teatro numa grande festa.

Destaque para a interação da banda, entre si, que encantou o público o tempo todo. Linnéa, Chiara e Thomas fizeram no palco um teatro ópera irretocável,  com suas interações. Não faltaram músicas de toda sua extensa discografia, contemplando mais de 27 anos de carreira e 16 discos de estúdio.




A banda foi só elogios para o público. Interagindo com o mesmo, o tempo todo, ponto alto foi o belíssimo entrosamento entre os músicos. Valeu a espera de 17 anos. 

A apresentação no teatro foi uma acertada escolha e combinou com a banda.  Sem grades, com uma ótima iluminação e um som limpo e maravilhoso.

A canção “Lemuria”, do álbum homônimo de 2004, foi um dos pontos altos dessa noite tão especial. Noite que contou com um público bem diversificado, de todas as idades cantando a todo vapor, unindo fãs antigos aos fãs novos.

A trupe encerrou sua apresentação com “Son of the Staves of Time” e o público pedindo  bis. Aos gritos de "Therion, Therion, Therion... "  a banda retorna e toca os clássicos “The Rise of Sodom and Gomorrah” e “To Mega Therion” com o público presente cantando a plenos pulmões. Com muitos agradecimentos Christofer pega o microfone e se despede do público gaúcho, distribuindo muitas palhetas aos emocionados fãs.


Alguns desses fãs foram brindados com um meet and greet logo após o show. Toda a banda recepcionou os fãs. Um momento inesquecível com direito a fotos, conversa e autógrafos de todo o material que os fãs tivessem. 
Valeu mais ainda os 17 anos de espera.

Vida longa ao Therion!



Agradecimentos à Mitnel Produções, em especial ao Marlon e Renato, pelo belíssimo trabalho, cuidando dos mínimos detalhes das apresentações tanto da Spleenful, como da The Devil e do Therion. Pela escolha desse local lindo e com excelente qualidade de luz, som, backdrop do Therion.

Que venham muitos outros shows!



Setlist:
Theme of Antichrist
The Blood of Kingu
Din
Bring Her Home
Night Reborn
Nifelheim
Ginnungagap
Typhon
Temple of New Jerusalem
An Arrow from the Sun
Wine of Aluqah
Lemuria
Cults of the Shadow
The Khlysti Evangelist
My Voyage Carries On
The Invincible
Der Mitternachtslöwe
Son of the Staves of Time
Bis
The Rise of Sodom and Gomorrah

0 comentários:

Postar um comentário